Motoristas de Mata de São João denunciam irregularidades no serviço de transporte escolar do município

A redação do site Gazeta da Bahia, foi procurada por vários motoristas da Secretaria de Educação do Município de Mata de São João – Bahia, denunciando possíveis irregularidades no serviço de transporte escolar do referido municipio.
Os motoristas reclamam do tratamento dispensandos a eles pela Coordenação do setor de transporte escolar da prefeitura, onde dizem que são humilhados, obrigados a exercerem dupla função realizando a limpeza interna dos ônibus escolares ao final do seviço, pois a secretaria de educação não tem serviço de higienização contratado para tais tarefas. Alegam ainda que se não fizerem a referida limpeza nos ônibus ou quando o ônibus quebra , sofrem descontos em seus salários, afirmam que o coordenador do serviço de pré nome Anderson, quando acha que a limpeza não foi bem feita também desconta percentuais em suas remunerações. Relatam que teve uma situação fora do comum onde em um dia de chuva, ao trafegar pela zona rural e passar por uma estrada de barro, o ônibus atolou, e o motorista teve descontado seu salário alem de ficar suspenso do serviço por 30 dias, sem antes nem ao menos ter tido uma advertência em sua ficha.
Segundo outro motorista, o coordenador ainda os assedia profisisonalmente, com palavras do tipo : “se não estiver gostando, peça exoneração”. Um terceiro motorista ouvido pela redação do site, afirma também que não ocorre tratamento isonômico dentro do ambiente de trabalho, pois os motoristas não concursados e com vinculo de amizade com o refeirdo coordenador têm benesses no serviço. Eles relatam que a Secretária de Educação do Município tem ciência dos fatos relatados mas fez pouco caso das denúncias. Reforçando com isso mais uma das falas do Coordenador do serviço ” meu peixe é forte e nada me atinge “.
A redação do Gazeta da Bahia, entrou em contato com o SINDMASJ (Sindicato dos servidores públicos municipais de Mata de São João ), onde o presidente do sindicato confirmou ter recebido tais denúncias dos motoristas e que o Sindicato já protocolou uma denúncia contra a prefeitura municipal junto ao Ministério Público do Trabalho. O presidente ainda fez questão de salientar que todos os dias chegam inúmeras queixas de servidores de várias àreas sobre condutas inadequadas em seus ambientes de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *